Como economizar nos Estados Unidos – Dicas para viajar com o dólar alto

Descubra como economizar nos Estados Unidos nesse post! Veja 10 dicas para conseguir aproveitar sua viagem com o dólar alto!

Como é possível observar pela quantidade de posts aqui no blog, os Estados Unidos é um dos destinos que mais visitei nos últimos anos. Foram viagens para a Disney em Orlando, cidades da Califórnia, Nova York e alguns outros lugares.

Em cada uma dessas ocasiões, o dólar estava com um valor diferente. Já cheguei a pegar pouco mais de R$2,00 e fiz a festa nas comprinhas, assim como já voltei com a mala praticamente vazia na época em que a cotação estava beirando a R$4,50 para cada US$1.

Muitas pessoas acham que não compensa visitar o país nesses momentos em que o real está desvalorizado, porém não é bem assim. Realmente, se seu objetivo é fazer compras não é a melhor época, mas se você pretende fazer turismo mesmo, como conhecer cidades, atrações e parques nacionais, não é preciso adiar a viagem. Existem diversas formas de lidar com a alta do dólar e se divertir nos EUA sem gastar tanto!  

Para isso é só usar alguns truques para economizar nos Estados Unidos. Nesse post vou dividir com você alguns dos meus favoritos, os quais já utilizei em diversas ocasiões, inclusive nas minhas aventuras mais recentes. Em algumas delas consegui até voltar com dinheiro para casa! :)

Como economizar nos Estados Unidos

Faça passeios grátis

Começando pela dica mais óbvia e que pode ser aplicada para economizar em qualquer lugar do mundo.

Muitas cidades dos Estados Unidos, especialmente as mais turísticas como Nova York e Los Angeles oferecem um número enorme de atividades gratuitas. No caso da primeira, Times Square, Central Park e 5ª Avenida são pontos super conhecidos, e não é preciso pagar nada para conhecê-los. Em Los Angeles, andar pela Calçada da Fama e pelo Santa Monica Pier também é de graça!

Aqui no blog eu já escrevi sobre 13 passeios grátis imperdíveis em NYC e os 10 melhores na região de Los Angeles.

Faça uma pesquisa com antecedência e descubra quais atrações te interessam e que não são pagas. Muitas vezes museus e outros centros culturais possuem um dia da semana no qual a entrada é franca. Descubra se isso ocorre nos lugares que você quer visitar e tente encaixá-los no seu roteiro nesses dias específicos. Você pode aprender como montar um roteiro de viagem nesse post.

Descubra como economizar nos Estados Unidos nesse post! Veja 10 dicas para aproveitar sua viagem mesmo com a alta do dólar!
Santa Monica Pier, um dos passeios grátis na região de Los Angeles.

Compre seus passeios em reais e sem IOF

Em vez de comprar seus ingressos na bilheteria da atração, o ideal é comprar com antecedência antes mesmo de viajar. Comprando aqui do Brasil muitas vezes você consegue encontrar lugares que vendem em reais, assim você consegue fugir da taxa do iof e da variação do dólar.

Você consegue encontrar os melhores preços e pagar em reais e sem IOF comprando com a WePlann. Clique aqui para descobrir quais atrações estão disponíveis!

Alguns exemplos de ingressos e passeios que você consegue encontrar no site da WePlann: tickets para a Broadway, entradas para os parques da Universal em Orlando, city tours por Miami ou pela Califórnia e até mesmo tickets para como o Empire State Building ou para os ônibus Hop-on Hop-off (aqueles vermelhos que passam pelos pontos turísticos).

Adquira o CityPass ou equivalente

O nome desse passe varia de cidade para a cidade, e ele é uma das melhores formas de economizar nos Estados Unidos. Funciona como um grande cupom de desconto, no qual você paga um valor único e tem direito a entrar em várias atrações na região. Se seu roteiro incluir atividades pagas, verifique se elas estão incluídas nesse passe antes de comprar cada ticket individualmente.

Em Nova York, por exemplo, você pode adquirir o CityPASS NY, que dá direito a subir no Empire State Building, visitar o The Metropolitan Museum of Art (MET) e o American Museum of Natural History. Você ainda pode escolher entre Top of the Rock ou o Guggenheim Museum, e até visitar a Estátua da Liberdade!

O mais legal é que você também consegue comprar com a WePlann, pagando em reais, parcelado e sem a taxa do IOF, para economizar ainda mais!

Use um travel money ou dinheiro vivo

Cada um deles tem benefícios diferentes em relação ao cartão de crédito. Um cartão de débito internacional, também conhecido como travel money, ainda cobra a mesma taxa de IOF, mas o valor do dólar é o do dia que você coloca o dinheiro nele. Dessa forma você evita surpresas e não tem gastos desagradáveis caso a cotação aumente.

Já o dinheiro vivo, além de se não ser influenciado pelo valor do dia, tem uma taxa de IOF de apenas 1,1%, bem menor do que cartões.

Você pode ler sobre todas as vantagens e desvantagens de cada forma de levar dinheiro em viagens nesse post.

Veja como economizar nos Estados Unidos nesse post! 10 Dicas para aproveitar a sua viagem mesmo com a alta do dólar!

Use um chip de viagem ao invés de GPS

Se você for alugar um carro, é provável que também precise de um GPS para saber onde está indo. O problema é que nos EUA esse aparelho pode custar até US$10 por dia, o que em uma viagem de 15 dias ou de 3 semanas se torna inviável.

Para economizar, a sugestão é usar um chip de viagem! Esse chip funciona apenas quando você estiver fora do Brasil, e além de conseguir usar aplicativos como Waze ou Google Maps para não se perder, também pode usar as redes sociais e navegar a vontade. Muito mais negócio, né?

Nessa página eu explico tudo sobre o chip de viagem, como usar, quanto você economiza usando esse serviço e ainda mostrei qual o melhor chip do mercado!

Faça um seguro viagem

Esses é o tipo de coisa que você vai gastar porém torcer para não usar. Parece o oposto de economizar, mas e você sofrer qualquer acidente ou passar por alguma emergência, um seguro viagem com certeza vai te poupar centenas ou até mesmo milhares de dólares.

Nesse post tem todas as informações sobre seguro viagem para os Estados Unidos, com valores dos serviços de saúde no país (são assustadores, como por exemplo o caso do homem que pagou US$3,355.96. por três pontos).

Se você tem interesse em um seguro mas não quer gastar muito, faça uma cotação com a Seguros Promo. Você vai conseguir ótimos preços nas seguradoras mais confiáveis do mercado.

Além de oferecer os melhores preços, a empresa ainda conta com funcionários especializados para tirar todas as suas dúvidas e tem atendimento por WhatsApp! Leitores do blog tem desconto ao usar o cupom “ALYSSAPRADO5″.

Compre comida no supermercado (ou até leve do Brasil!)

Outra forma de economizar nos Estados Unidos é não comer fora em todas as refeições. Para isso, você pode passar em um supermercado e comprar ingredientes para preparar as próprias refeições. No caso da sua hospedagem não contar com uma cozinha completa, é possível comprar diversos pratos congelados e esquentá-los no microondas. As opções são bem mais variadas (e algumas até mais saudáveis) do que no Brasil.

Os supermercados mais baratos são os de grande nome, como Walmart e Target.

Outra opção se você quiser gastar ainda menos é levar algumas coisas de casa. Na época da minha primeira viagem a Disney muitas pessoas do grupo levaram miojo para jantar em algumas noites. Lembrando que esses alimentos precisam estar na mala despachada e precisam ser produtos industrializados, carnes e outros alimentos do tipo não passam na imigração.

Faça compras em lojas de desconto

Se mesmo com o dólar alto você ainda quiser fazer compras, o ideal é se aventurar pelas lojas de desconto.

As mais conhecidas são a ROSS e a TJ Maxx, que vendem desde roupas até sapatos, acessórios, cosméticos e utensílios para casa. Muitos dos itens são de marcas famosas, como Nike, Calvin Klein, Tommy Hilfiger, e os preços são super baixos. São ótimos locais para encontrar roupas para malhar e bolsas!

Você também pode se aventurar nos famosos outlets, shoppings de desconto. Com centenas de lojas, a maioria delas vende produtos de coleções passadas por um valor super amigo, e ainda é possível adquirir um caderno com cupons de descontos no balcão de informações. Já escrevi aqui no blog um post com 6 dicas para aproveitar ao máximo os outlets nos EUA.

Descubra como economizar nos Estados Unidos nesse post! 10 Dicas para você aproveitar sua viagem (e fazer algumas comprinhas) mesmo com o dólar alto!
Tênis de Sketchers que encontrei na ROSS por $35!

Faça compras online

Além de economizar dinheiro, você também poupa tempo com esse método. No geral, depois de fazer muita pesquisa, percebi que os preços para a maioria dos produtos, especialmente eletrônicos como câmeras e computadores, são mais baixos online.

Eu acabo sempre comprando na Amazon, pois os preços são imbatíveis na maioria das categorias e a entrega é super rápida. O melhor é que lá vende de tudo: maquiagem, roupas para bebês, acessórios, bolsas, decoração, objetos para casa, acessórios… então já dá para riscar vários itens da listinha de uma vez. Normalmente eu faço um pedido com cabos de iPhone de 3 metros de comprimento!

Caso seu hotel cobre por encomendas, minha sugestão é usar o serviço gratuito da Amazon Locker, como expliquei nesse post.

Use uma garrafa da água com filtro embutido

Outra forma de economizar nos Estados Unidos (ou em qualquer outro lugar, na verdade) é usar uma garrafa da água com filtro embutido. Dessa forma você não precisa gastar com garrafinhas plásticas para levar no dia a dia e não precisa pagar por garrafas para deixar no seu quarto de hotel, podendo consumir a água da torneira.

O modelo mais popular dessa garrafinha é a da marca LifeStraw, com um sistema de dois filtros que purifica em até 99%. Você pode aproveitar para incluí-la na sua compra da Amazon, caso faça uma! :)

Lembrando que em muitos lugares dos EUA é possível beber tap water sem nem precisar do filtro, já que a água é considerada limpa. Nesses casos você economiza ainda mais!

Vai alugar um carro? Pague em reais e sem iof!

Transporte público costuma ser a opção mais barata para viajantes solo ou pequenas famílias. Mesmo assim, existem cidades, como Miami ou Orlando, onde alugar um carro é extremamente cômodo, e dependendo do número de pessoas no grupo até mesmo mais em conta do que pagar ida e volta de ônibus para todos.

Nesses casos, para economizar ainda mais no aluguel de carro, a sugestão é a mesma que para passeios: faça sua reserva no Brasil, e pague em reais para evitar a taxa de IOF e a variação do dólar.

Alugue com a Rentcars e tenha todas essas vantagens, além de poder parcelar em 12x e contar com a garantia de melhor preço.

A empresa só trabalha com locadoras como Hertz ou Álamo, então você sabe que está em boas mãos.

E aí estão as minhas 10 melhores dicas para economizar nos Estados Unidos! Conhece algum outro truque? Compartilha comigo e com os outros leitores nos comentários! :)

Gostou desse post? Salve no Pinterest para ler depois!

Descubra como economizar nos Estados Unidos nesse post! Veja 11 dicas para aproveitar a sua viagem mesmo com o dólar alto! #viagem #estadosunidos #novayork #orlando #dicadeviagem #orçamento

Alguns links nesse post são afiliados.

Deixe uma resposta

Fechar Menu