Florianópolis no Inverno – Tudo que você precisa saber

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo “Pequenos Grandes Viajantes”, com tema “Uma estação do ano em algum destino“. 

Descubra o que fazer em Florianópolis no Inverno e veja porque essa é uma das melhores estações para visitar a cidade!

Muitas pessoas consideram Florianópolis o “Rio de Janeiro da região sul”.

Realmente, a ilha da magia tem praias lindas, trilhas e outros cenários de tirar o fôlego. Por ser menor do que a cidade maravilhosa, também arrisco dizer que o trânsito é mais tranquilo, os lugares são todos próximos e, claro, a segurança é consideravelmente melhor.
O que muitas pessoas esquecem quando fazem essa comparação, no entanto, é que aqui na minha cidade faz frio.

Diferente das temperaturas consideradas baixas nas terras cariocas, onde os termômetros ficam próximos dois 20ºC, em Floripa você encara sensação térmica de zero graus nos dias mais gelados, e fica difícil até para sair na rua.

Não vou mentir, quando meus amigos de outros estados falam em me visitar, eu sugiro que eles venham no verão. Para mim, não faz muito sentido ir para um local paradisíaco na época em que não é possível entrar no mar e aproveitar a água.

Mesmo assim, conheço muitas pessoas que preferem visitar Florianópolis no inverno. Esses são alguns dos motivos:

Por que visitar Florianópolis no inverno?

Os preços são mais baratos

Por ser a baixa temporada da ilha, essa estação possui os melhores preços do ano.

Uma pesquisa rápida no Booking mostrou diárias de R$225 em um dos melhores hotéis da cidade em agosto, porém o mesmo quarto custa R$475,60 em janeiro. O mesmo ocorre com um dos hostels mais populares da Lagoa da Conceição, onde uma diária em quarto misto com 6 camas sai por R$40,50 no verão e por R$54 no inverno.

Não recomendo ficar em bairros muito praianos nessa época, pois a maioria deles consiste em pequenas lojas e restaurantes que não funcionam fora de temporada. Opte por ficar no Centro ou na Lagoa se quiser explorar vários pontos da ilha, ou nas praias do sul (sugiro Campeche) caso prefira ficar em contato com a natureza.

A cidade fica mais vazia

Pode perguntar para qualquer manezinho: em dezembro, janeiro e fevereiro todo mundo e sua família vem para Florianópolis. Não apenas os brasileiros de todas as regiões, mas também muitos dos nossos vizinhos argentinos e uruguaios.

Apesar das praias serem próximas do centro da cidade (pouco mais de vinte minutos de carro até a maioria), tentar dirigir até uma delas depois das nove da manhã é enfrentar um trânsito de horas em um calor de 40ºC.

No inverno não é fácil aproveitar o mar, mas pelo menos você também não enfrenta engarrafamento, não pega fila nos restaurantes mais populares e não precisa brigar por um espacinho na areia. Até os shoppings e cinemas ficam mais vazios, tendo em vista que muitos moradores viajam nessa época para tentar escapar do frio.

Floripa no Inverno Transito
O trânsito em Floripa no inverno fica bem menos intenso! Tem momentos em que até as avenidas principais ficam vazias!

Aproveite para alugar um carro e explorar os cantinhos mais legais da ilha. O transporte público pode ser complicado, então se você tiver orçamento eu realmente recomendo dirigir até os pontos turísticos. Para conseguir os melhores preços, faça uma cotação com a Rentcars. O site compara os valores das principais locadoras do Brasil, e você ainda pode pagar em até 12x.

Não é época de chuva

Outra grande vantagem da baixa temporada é que é a época seca da cidade. Os níveis de precipitação são menores em julho e agosto, enquanto no verão é comum chover por vários dias seguidos ou pelo menos no final da tarde.

Um problema do frio, no entanto, é o famoso vento sul, que costuma pegar os turistas de surpresa. Leve sempre um casaco extra, cachecol e algo para prender o cabelo quando for sair para passear.

O que fazer em Florianópolis no inverno?

Não posso negar: o grande atrativo de Floripa são suas praias maravilhosas, as quais dificilmente são melhor aproveitadas no verão. Você pode conhecê-las no frio, claro, mas não crie expectativas sobre entrar na água, que já ela já é gelada quando as temperaturas estão mais quentes.

Se essa for a única época que você pode visitar a ilha, porém, eu recomendo SIM que você faça a viagem! Apesar de pequena, a capital de Santa Catarina oferece diversas outras atrações, como:

Mercado Público e o centro da cidade

Talvez um dos pontos turísticos mais famosos, o Mercado Público é o típico mercadão da cidade, onde é possível encontrar peixes, carnes, feiras em determinados dias e restaurantes com a gastronomia típica dos arredores. Minha recomendação é o camarão a milanesa do box 06, o Colher de Pau.

Aproveite para conhecer os outros marcos do bairro, como a Figueira da Praça XV de Novembro e o museu histórico de Santa Catarina no Palácio Cruz e Sousa.

Subindo a rua Felipe Schmidt, na direção contrária da praça, você também chega no mirante próximo a famosa ponte Hercílio Luz, um dos mais populares cartões postais da cidade. Para não se perder, use o app Google Maps no seu celular, como ensinei nesse post.

Santo Antônio de Lisboa

Uma das primeiras freguesias de Santa Catarina, o bairro de Santo Antônio de Lisboa é conhecido pelos locais por seus ótimos restaurantes e visão privilegiada do pôr do sol. É possível enxergar até hoje a influência açoriana na região, como por exemplo na famosa igreja de Nossa Senhora das Necessidades.

Eu gosto muito do Fairyland Café para aproveitar o final de tarde, e já ouvi falar muito bem do May de comida tailandesa e do Rosso.

Lagoa da Conceição

Um dos bairros mais populares cidade, especialmente entre os moradores locais e até turistas mais novos. É na Lagoa da Conceição que estão localizados os melhores hostels de Florianópolis, e a região mantém sua vida e atmosfera animada mesmo no inverno.

Além das praias Mole e Joaquina que ficam próximas, a Barra da Lagoa também é escolhida por alguns banhistas que gostam de aproveitar as águas calmas e fazer stand up paddle. Caso esteja muito frio para isso, você pode fazer uma caminhada agradável ao redor das margens, ou aproveitar a infinidade de restaurantes e lojas que habitam as redondezas.

É um daqueles passeios legais tanto durante o dia quanto a noite, pois existem desde lugares para brunch (recomendo o Café Cultura) como bares e baladinhas (minhas amigas adoram o Books & Beers).

Parques e lugares ao ar livre

Como o sol aparece durante toda a estação, essa época é ideal para programas ao ar livre, mesmo no frio. Alguns dos parques mais famosos são o Jardim Botânico (já adianto que é pequeno), o Parque de Coqueiros e o Parque Ecológico do Córrego Grande, perto da universidade.

Outro passeio típico é dar uma volta na Beira-mar, onde o mar encontra o centro da cidade. A água não é própria para banho, mas os moradores utilizam o espaço para caminhadas, andar de bike, aulas de yoga e feirinhas. É do Trapiche, pier famoso, que saem os passeios de escuna como o que mostrei nesse outro post. Esse é outro local incrível para assistir ao pôr do sol!

Floripa no Inverno não é época de chuvas!

Programas culturais

Preciso admitir que Florianópolis deixa a desejar em comparação às capitais maiores, mas ainda é possível encontrar bons programas culturais na ilha. Os espaços mais famosos são o Centro Integrado de Cultura (CIC) com exposições e shows, o Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) e o Teatro Pedro Ivo. Se possível, assista a uma das apresentações temáticas do Camerata Florianópolis.

Quem gosta de filmes “alternativos” vai curtir o Cinema Paradigma e o cinema do CIC.

Outros eventos legais que acontecem em Florianópolis são o Ilha Veg e a Yoga gratuita no Jardim Botânico, em datas específicas. Você pode conferir a agenda da cidade no site Guia Floripa.

Restaurantes

Outra opção para aproveitar Florianópolis no inverno é aproveitar o melhor da gastronomia da região. Existem restaurantes bons de quase todas as culinárias, mas quero destacar alguns que ficam ainda mais deliciosos no inverno:

  • Blackpot – Com rodízio de fondue;
  • Macarronada Italiana – Tradicional e especializado em massas, de frente para a Beira-mar;
  • Café du Centre – Cafeteria especializada em taças doces (procure no Instagram, não tem como fazer jus escrevendo, rs);
  • Galeto da Mamma – Galeteria tradicional com sistema de rodízio;

Se quiser uma experiência diferente, você também pode comer o hambúrguer gourmet do posto de gasolina (juro que é bom), na Soul Brothers Hamburgueria.

Descubra o que fazer em Florianópolis no inverno, e porque essa é uma ótima estação para visitar a cidade!
Algumas das opções para mergulhar no fondue do Blackpot! / Foto: Ana Luci Paz Lopes

E aí estão, todas as dicas para curtir Florianópolis no inverno!

Vai vistar a cidade nessa época? Já fez a viagem? Do que você gostou mais? Me conta nos comentários! :)

Gostou desse post? Salve no Pinterest para ler depois!

Descubra o que fazer em Florianópolis no inverno e porque essa é uma das melhores estações para visitar a ilha da magia!

Alguns links desse post são afiliados.


Leia os posts dos outros participantes sobre outros lugares em diferentes estações do ano! #viajandonasquatroestações

Floripa no Inverno - Blogagem Coletiva

– Destinos por onde andei… – Primavera em Nova York

– Mariana Viaja – Verão na Espanha: passeios em Barcelona e Madri

– Outro blog – Inverno em Banff | Montanhas Rochosas Canadenses

– A Casa na Mala – Qual a Melhor Época do Ano Para Viajar à Europa?

– Por aí com os Pires – Flórida no verão

– Família Viagem – As cores do outono em Seattle

– Pegadas na Estrada – Outono na Islândia, uma estação surpreendente!

– Viajonários – O que fazer na Califórnia no inverno

– Foco no Mundo – Como sobreviver ao inverno europeu

– O Melhor Mês do Ano – O que levar para o Atacama em cada estação do ano

– Escolho Viajar – Patagônia no verão – a melhor estação para a visitar

– Caixa de Viagens – Alpes italianos – onde curtir o inverno nas 5 cidades italianas mais charmosas, badaladas e com estações de esqui na região

– Vaneza com Z – 10 coisas para fazer no Verão em Salvador

– Cantinho de Ná – Como é New York na primavera

– Viagens que Sonhamos – Inverno na Serra Gaúcha

– A Path to Somewhere – 10 lugares para curtir o outono em Nova York

– Mochilão Barato – Mochilando no Inverno Europeu

– Viagens Invisíveis – Inverno em Malta, vale a pena?

– Viajando em Familia – Orlando no Verão ou Inverno?

– Apure Guria! – Sobrevivendo ao inverno na Nova Zelândia

– #KariDesbrava Cinco lugares para curtir o frio no estado do Rio de Janeiro

Ligado em ViagemDobel na Alemanha, muita neve na região de Baden-Württemberg

– Pequeno Grande Mundo – Em Manaus é verão o ano inteiro

– Destino Mundo Afora – Inverno na Serra Catarinense

– The Nat’s Corner – Verão Europeu: O Que Levar na Mala

– Lolepocket – 7 praias do Rio de Janeiro para curtir o verão como os cariocas

– Uma Senhora Viagem – Dois Outonos Diferentes na Europa

– Devaneios de Biela – As Cores e os Contrastes de Cartagena na Primavera

– Baianos no Polo Norte – 10 motivos para visitar Toronto no verão

 

Planeje a sua viagem com os parceiros do blog!

 Veja as melhores ofertas de passagens áreas com a Passagens Promo.

Reserve seu hotel através do Booking.com e garanta o menor preço.

Encontre a melhor oferta para o seu seguro viagem com a Seguros Promo, ou faça uma cotação com a World Nomads para turismo de aventura.

  Reserve seus passeios com a WePlann e descubra o seu destino pagando em reais, sem IOF e em até 6x sem juros!

Reserve seu carro com as melhores locadoras e pague em reais, sem IOF e em até 12x com a Rentcars.

Este post tem 27 comentários

    1. É lindo, mesmo! <3

  1. Floripa é Floripa.
    Como eu não sou fã de verão, inverno para mim é maravilhoso! <3 haha
    Ficou ótimo o post, Aly!
    Beijão!

    1. Obrigada, Malu! Mas não dá para negar que o verão aqui também é ótimo, né hahaha <3 beijos

  2. É, a gente tem que ver coisa boa em tudo, até no inverno!! rs Tenho vontade de conhecer Floripa, mas acho que prefiro ir nas outras estações. Valeu pelas dicas!

    1. Se você prefere o calor vem no começo do verão (tipo dezembro) ou final (fim de fevereiro/março) que a cidade fica mais vazia e ainda dá para aproveitar bem a praia :D

  3. É verdade… adoro visitar Floripa quando as praias não estão tão cheias. E o trânsito, sem comentários, fica bem melhor.
    Adoro a praia do Campeche no verão <3

    1. Também adoro o Campeche, pena que no verão fica uma fila enorme para chegar lá, tem que ir cedinho! =)

  4. Adorei! Também moro em Floripa e concordo com tudo que tu falou, haha! Claro que sinto muita falta de mais coisas para fazer no inverno, até porque as praias morrem e não precisava ser assim… Não é porque não tá dando tempo de praia que não poderíamos curtir as praias à beira-mar, não é? Mas, ainda assim, Floripa preserva boa parte dos seus encantos mesmo com frio e se eu fosse de fora adoraria visitá-la no verão e no inverno!

    mapanamo.com.br

    1. Nossa, nem diga! As vezes eu vou pra praia no inverno só pra ficar sentada no sol e aproveitando a paz já que fica vazio! Obrigada pela visita <3

  5. Lugar lindo e você mandou super bem nos seus 6 motivos. Parabéns pela matéria. Abraços, Cristina e Renato

    1. Que bom que vocês gostaram :)

  6. Amei seu post, também já fui a Floripa no inverno e amei
    Vou linkar no meu post sobre isso no Atravessar Fronteiras

    1. Que bom que gostou =)

  7. obrigado pelas dicas, estou planejando viajar para julho, sou dominicano gosto muito de conhecer novas cidades.

    1. Boa viagem <3

  8. Amo Floripa em qquer estação! Não moro em Floripa, mas vou pra lá duas vezes no ano, pq meu filho mora lá. Vou sempre em Junho (frio) e Janeiro (calor). Junho a gente aproveita pra comer Tainha, visitar lugares, deitar no sol no gramado da Lagoa da Conceição, passear no shopping, conhecer restaurantes aconchegantes, passear no comércio, fazer churrasco, etc…
    Ai, janeiro: calor. Praias, todas!! Comer muito camarão, muita cerveja, muitos passeios nas cidades vizinhas e mais praia, praia, praia.

    1. Floripa é ótima, né? Ótimas sugestões de passeios no inverno, a Lagoa é uma delícia mesmo!

      Obrigada pelo comentário <3

  9. Alyssa, me dá um help? estamos num impasse aqui em casa , viajar para Floripa em Junho ou Julho. Faz algum diferença em relação a preços ou em relação ao frio? E se fosse maio?

    1. Oi, Nathalia!

      Acredito que os preços sejam semelhantes em junho e julho, pois é bem frio, rs. Se você e sua família não gostam muito de frio eu viria em Maio, aqui temos o famoso “veranico de Maio”, onde as temperaturas sobem em alguns dias desse mês, e é possível até pegar uma praia! Boa viagem :)

  10. Amo essa cidade. Ainda que no inverno, não tem como não se sentir encantado na Ilha da Magia. E mesmo morando longe dessa cidade maravilhosa, faço uma visita pelo menos uma vez por ano :)

    1. Floripa é uma delícia em qualquer época, né? :)

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Receba grátis
DICAS E OFERTAS DE VIAGEM
Faça parte da lista de e-mails do blog e receba descontos exclusivos e os nossos melhores posts diretamente na sua caixa de entrada!
EU QUERO!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu nome e e-mail para fazer parte da lista e receber o PDF grátis!
ME INSCREVER!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu nome e e-mail para fazer parte da lista e receber o PDF grátis!
ME INSCREVER!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu nome e e-mail para fazer parte da lista e receber o PDF grátis!
ME INSCREVER!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu nome e e-mail para fazer parte da lista e receber o PDF grátis!
ME INSCREVER!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link
QUASE LÁ...
Informe seu dados para fazer parte da minha lista de e-mails  e receber o PDF grátis!
QUERO O PDF!
close-link