Florianópolis

Passeio de Escuna em Florianópolis passando pela Baía dos Golfinhos

20 de janeiro de 2017

Vista da ponte Hercílio Luz no passeio de escuna em Florianópolis!

Morei em Florianópolis a vida inteira, mas nunca fui chegada a fazer passeios turísticos pela cidade ou conhecer lugares que eu nunca tinha ido.

Nesse verão, eu decidi visitar outras praias, tentar fazer alguma trilha e conhecer melhor a ilha. Aproveitei que uma parte da minha família do Rio de Janeiro está aqui e já me aventurei em alguns passeios com eles.

O último foi um dia em uma escuna, saindo do trapiche da Beira-mar Norte e passando pela Baía dos Golfinhos.

Passeio de Escuna em Florianópolis

Fechamos o passeio com a escuna Andorinha, e pagamos R$55 por pessoa, já que reservamos antes através do whatsapp. Para quem pretende fechar na hora, o preço fica R$75 e não inclui almoço ou outras taxas.

A excursão sai do trapiche da Beira-mar Norte às 10:30 da manhã e tem duração estimada de 6 horas, seguindo o roteiro:

  • Baía dos Golfinhos
  • Almoço em Governador Celso Ramos
  • Visita a Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim
  • Visita a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones
  • Mergulho em alto mar perto da ilha de Ratones Grande

A tripulação foi super simpática e nos ensinou todas as normas de segurança antes de começarmos a aventura.

Baía dos Golfinhos

Para muitos, talvez a parte mais esperada do passeio de escuna em Florianópolis, afinal, golfinhos são fofos hahaha.

Eu fui sem muitas esperanças, já que minha família já fez esse passeio outras vezes e nunca avistou algum. Mas não é que demos sorte? Vimos muitos golfinhos! Eu nem imaginava que por aqui existia essa quantidade, achei que ia ser um ou outro apenas.

Tiramos várias fotos, teve gente que chorou(!) e ficamos um bom tempo olhando para água procurando por mais deles.

Vale lembrar que você fica dentro do barco, eles não chegam muito perto, não dá para tocar em nenhum e nem tirar fotos com eles. Esse é um passeio apenas de observação.

No passeio de escuna em Florianópolis você passa pela Baía dos Golfinhos, onde tem.. golfinhos! Clique no link para ver mais fotos e ler o post completo!

Foto: Mônica Generini

Almoço em Governador Celso Ramos

Como já passava um pouco do meio dia e já tínhamos visto vários golfinhos, seguimos para o almoço em Gov. Celso Ramos. Foi uma ótima ideia, pois no final da refeição os barcos piratas chegaram e lotaram o local.

O lugar é lindo, cheio de barquinhos de pescadores e praia com água clara, um pequeno paraíso.

Fomos no restaurante Costa dos Golfinhos, o único da região. Custa R$28 por pessoa o buffet livre, não tem como pagar por peso, e bebidas são a parte. Eles não aceitam nenhum tipo de cartão, o pagamento é apenas em dinheiro, então lembre de levar em espécie.

A comida é um buffet bem simples, com bastante salada, frutos do mar, arroz, feijão, macarrão, etc. Senti falta de batata frita, mas deve ser porque eu amo batata frita e acho que devia ser obrigatório em todo lugar rs.

A nossa pausa para almoço era de pouco tempo, então comemos rápido e fomos andar pela beira da praia. Queríamos andar nas pedras, mas precisava atravessar um pequeno mangue para chegar lá e desistimos.

Quem quiser pode mergulhar no mar, e a água estava uma delícia!

Passeio de Escuna em Florianópolis - Almoço em Governador Celso Ramos

Olha que lugar lindo!

Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim

Depois do almoço foi hora de visitar a ilha de Anhatomirim. O acesso a a fortaleza custa R$8, mas você pode comprar um passe para as duas incluídas no passeio por R$10. Novamente eles não aceitam cartões e esse valor não está incluso no passeio.

Eu já tinha feito uma visitação a fortaleza na época da escola, então esperava que essa parte fosse ser difícil, afinal a temperatura era quase 40ºC. Estava errada, pegamos várias partes com sombra e não foi nada insuportável estilo Beto Carrero.

Um dos tripulantes era credenciado pela UFSC, que cuida da manutenção do local, e guiou o grupo por quase uma hora. Eu achei essa parte sensacional, porque a fortaleza fica muito mais interessante quando se entende o que está vendo. Ouvimos curiosidades, aprendemos um pouco sobre a história do lugar e tiramos muitas fotos.

Confesso que eu não tenho muito conhecimento da parte histórica, mas quem tiver curiosidade pode checar no Guia Floripa.

Uma das partes do passeio de escuna em Florianópolis é conhecer a fortaleza de Anhatomirim!

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

A Fortaleza de Santo Antônio de Ratones é bem menor que a de Anhatomirim, e ficamos lá apenas por 30 minutos.

Dessa vez, o guia não nos acompanhou, e exploramos livremente. A casa principal estava com duas exposições de fotografia, que mostravam fotos de como o lugar era antigamente e um pouco do trabalho de restauração.

Como estava quente e tinha pouco para ver, aproveitamos os últimos momentos para tomar um banho de mar. A água estava cheia de pedras e vegetação, ao invés de areia, então eu recomendo entrar de chinelo e não descalço. Foi ótimo para refrescar!

A Fortaleza de Santo Antônio de Ratones é um das partes mais legais do passeio de escuna em Florianópolis! Clique no link para ver mais fotos e ler mais sobre!

Foto: Mônica Generini

Mergulho em alto-mar

Demos a volta na ilha de Ratones Grande, onde fica a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones e o barco parou para mergulharmos lá. Quando eu falo mergulho, eu quero dizer que entramos na água, e não que tínhamos algum equipamento como cilindro ou snorkeling, tá?

Essa foi a única parte “decepcionante” do passeio para mim, porque não durou nem 15 minutos direito. Tínhamos que ficar muito perto da escuna, eram várias pessoas batendo o pé uma na outra sem querer, um amontoado para tirar fotos… Uma pequena confusão. 

Sinceramente eu estava tão feliz com o passeio, o dia estava tão lindo, a paisagem era incrível e não me importei muito. Mas se você está indo mais porque quer nadar em alto-mar, talvez essa não seja a melhor opção.

Foto do Andorinha visto de longe!

Foto do Andorinha visto de longe!

Depois disso, retornamos para a Beira-mar Norte e encerramos o passeio de escuna em Florianópolis, quase as 5 horas da tarde.

Eu me diverti muito, me surpreendi positivamente e recomendo para todo mundo que estiver visitando a ilha! Algumas observações:

  • Leve protetor solar, boné, canga e toalha se for entrar na água.
  • Só existe uma parada para comer, então recomendo levar lanchinhos. Quase todo mundo levou barrinhas de cereal, frutas e sanduíches.
  • Se você esquecer, não tem problema, a própria escuna tem um bar que vende água, cerveja, refrigerantes e salgadinhos tipo Elma Chips.
  • Uma câmera a prova da água é legal para o mergulho final, mas com essa exceção você consegue se virar muito bem com uma câmera normal ou de celular.
  • Leve dinheiro vivo, pois todos os custos extras precisaram ser pagos em espécie, já que não era aceito nenhum tipo de cartão.
  • Faça reserva através do Whatsapp para conseguir R$20 de desconto (informação de janeiro de 2017, pode ter mudado).

E aí, ficou tentado a fazer esse passeio de escuna em Florianópolis? Já fez? Viu os golfinhos? Me conta nos comentários! =)

Gostou desse post e tá programando a sua viagem?

Então que tal ajudar o blog? É só fazer as suas reservas através dos nossos links! Você não paga nada a mais por isso e a gente ganha uma pequena comissão pela indicação! Olha quantos serviços legais você pode encontrar por aqui:

Compare os preços das passagens no Voopter ou veja as ofertas do Decolar.com.

Reserve o seu hotel através do Booking, com garantia de melhor preço. Ou use o Hoteis.com, onde você acumula pontos e pode trocar por diárias grátis.

Compre o seu seguro viagem no World Nomads e tenha cobertura para mais de 150 atividades de aventura.

Compare o preço entre as melhores locadoras de carro e pague em reais em até 12x sem juros na Rentcars.com.

Você também pode gostar

4 Comentários

  • Responder Beneth Santana Torquato 23 de janeiro de 2017 as 10:12 am

    Eu simplesmente amo Floripa, vou pra lá toda vez que posso. Nunca fiz esse passeio de escuna, mas já ta na lista pra próxima visita. Ótima dica!

    • Responder Alyssa Prado 6 de fevereiro de 2017 as 2:06 pm

      É muito legal, se conseguir confere na próxima vez =)

  • Responder Josiane 22 de fevereiro de 2017 as 11:27 am

    Olá, sabes me informar o número do Whats? Obrigada

    • Responder Alyssa Prado 8 de março de 2017 as 10:42 am

      Oi, Josiane! O whats é: +55 48 984051441 :)

    Deixe uma resposta