Mochilão de viagem – Como escolher e melhores marcas

Pensando em comprar um mochilão de viagem? Descubra como escolher o ideal para você nesse post e veja dicas sobre como organizá-lo e melhores marcas!

Eu nunca imaginei viajar com um mochilão.

Lembro até hoje quando, na minha primeira viagem a Austrália, acompanhei um amigo quando ele foi comprar o dele. No meio do atendimento, a vendedora se virou para mim e perguntou se eu não ia querer um também.

Agradeci e neguei, simplesmente sabia que aquilo não era para mim.

Alguns anos se passaram, e comecei a viajar com maior frequência e com menos itens na bagagem. As malas foram ficando cada vez menores, e uma pequena de mão já era mais do que o suficiente para quase todos os destinos. Viajar apenas com uma mochila não mais parecia algo tão impossível assim.

Depois de alguns meses pesquisando, resolvi investir no meu primeiro mochilão. Já usei em algumas viagens – Arraial do Cabo, Santiago do Chile e uma ou outra visita ao Rio de Janeiro – e confesso que gostei muito mais do que poderia ter imaginado! Além da praticidade de ter as mãos livres, é muito fácil de colocar no compartimento superior do avião (tenho dificuldades com a mala de rodinhas hehe), e ainda me ajuda a não levar roupas em excesso.

Li muito sobre o assunto antes de fazer minha compra, e até cheguei na loja já com alguns modelos em mente. O que ajudou ainda mais, no entanto, foi uma vendedora super experiente que respondeu todas minhas dúvidas e me ensinou alguns truques para escolher um mochilão de viagem e ajustá-lo para maior conforto.

Para ajudar quem também está querendo comprar sua primeira mochila, reuni tudo que eu aprendi sobre o assunto nesse post! Desde dicas para escolher a ideal, como organizar os itens dentro dela e como regulá-la para o seu corpo.

Como escolher um mochilão de viagem

Quando comecei minha pesquisa, imaginei que era só escolher um tamanho, descobrir as melhores marcas e escolher um mochilão de viagem que estivesse dentro da minha faixa de preço.

Nossa, como eu estava errada.

Acontece que as mochilas são fabricadas em diferentes materiais, com compartimentos internos e externos para as mais diversas utilidades e até o tipo de abertura difere de um modelo para o outro. São inúmeros detalhes que podem fazer com que um modelo seja (ou não) ideal para você.

Aqui estão algumas das características que você deve se atentar na hora de fazer sua escolha:

Tipo de abertura

No geral existem dois tipos: em forma de saco ou com zíper, como se fosse uma mala mesmo.

As da primeira categoria costumam ter inúmeros bolsos internos e externos para ajudar na organização, mas tem a imensa desvantagem de ser preciso tirar tudo caso você queira alcançar os itens do fundo.

Já as outras, além de serem muito mais práticas para encontrar o que você está procurando, ainda costumam ter dois zíperes, possibilitando trancar os compartimentos com cadeado. Esse último detalhe é super importante para a segurança dos seus pertences, e caso você opte por esse tipo de abertura, recomendo escolher uma com essa característica.

Descubra como escolher o mochilão de viagem ideal para você! Dicas para escolher, ajustar, organizar e melhores marcas!
O meu mochilão é um Osprey Fairview 40L, e tem dois compartimentos com zipers. Repare que existe o local para passar o  cadeado em ambos!

Material

A maioria das mochilas é feita de poliéster ou nylon, esse último sendo mais resistente e mais adequado para quem quer um produto que vá durar muitos anos.

Se for usar para fazer trilhas ou outras atividades ao ar livre, o ideal é que você procure por aquelas que também são a prova da água.

Tamanho

Para quem está acostumado a usar malas, um mochilão de 40 ou 50 litros provavelmente vai parecer minúsculo. Seu primeiro impulso vai ser escolher um com capacidade para 60 ou até 70 litros, mas repense essa decisão.

Para quem vai utilizar como bagagem em viagens, e vai apenas colocar a mochila nas costas apenas durante o trajeto do aeroporto até a acomodação, o recomendado é levar no máximo 20% do seu próprio peso. Já li alguns sites falando sobre um terço do seu peso, mas achei um exagero.

Para quem vai fazer trilhas ou usar o mochilão por muitas horas, o ideal é algo ainda mais leve, em torno de 10% do peso do seu corpo.

Agora é preciso usar o bom senso para saber o quanto você leva na sua mala, e pesquisar quanto cada litragem pode comportar. Em viagens, você provavelmente também vai usar uma “mochila de ataque“, que costuma variar entre 10 e 20 litros, onde estarão seus documentos e outros pertences valiosos durante o trânsito, e que pode ser usada para explorar seu destino.

No consenso geral, para turismo, 55 litros é mais do que o suficiente. Com o meu guarda-roupa atual, consigo levar o bastante para dez dias de viagem (com cosméticos, maquiagem e alguns sapatos) em um mochilão de 40 litros, sem ficar muito pesado. Até experimentei o de 55L na loja, mas achei desconfortável para os meus 1,58cm de altura, e sabia que eu não ia conseguir carregar por muito tempo caso fosse preciso.

Tenha em mente que até hoje eu só vi pessoas que se arrependeram por comprar um tamanho maior do que o necessário. Além disso, quanto menor a mochila, mais chances você tem de não precisar despachá-la (normalmente depois dos 40L as cias aéreas já implicam).

Além da litragem, algumas delas ainda são produzidas em tamanhos pequeno, médio ou grande, além de modelos femininos e masculinos. Para descobrir o ideal, é preciso medir o tamanho do seu torso e consultar a tabela de medidas de cada marca.

Compartimentos

Alguns modelos, especialmente os que tem abertura tipo saco, possuem inúmeros compartimentos internos e externos para ajudar na organização dos seus pertences. Para quem vai fazer trekking ou andar por longos períodos com a mochila, o ideal é ter bolsos de fácil acesso para itens que são usados constantemente, como água, filtro solar ou GPS.

Para quem vai usar o mochilão de viagem apenas como bagagem essas divisões não são tão necessárias, e é fácil resolver a falta delas com acessórios como os packing cubes. Acredito que duas repartições maiores e um para aquelas coisas que vão ser usadas ao longo da viagem de avião ou ônibus sejam mais que o suficiente.

No caso do compartimento principal ser muito grande, o ideal é que o mochilão tenha tiras de compressão para ajudar a manter seus pertences no lugar. Tiras externas, além da sua função principal, também servem para pendurar toalhas, casacos ou algum item que esteja molhado ou que você queira fácil acesso.

Conforto

Por último, mas não menos importante, é preciso observar o conforto que a mochila oferece. Os modelos mais modernos são vendidos com alças acolchoadas, para minimizar o desconforto nos ombros. Se possível, procure por aquelas em que o hip belt (cinto) também possui essa característica.

Se for passar muito tempo com o mochilão nas costas, também é importante optar por aqueles que tenham apoio para a lombar e tecido respirável nas costas, para diminuir o suor durante o uso.

Descubra como escolher o mochilão de viagem ideal para você! Dicas para escolher, ajustar, organizar e melhores marcas!
Partes acolchoadas do mochilão para maior conforto!

Como ajustar seu mochilão de viagem

Não basta escolher o mochilão de viagem ideal, é preciso saber regulá-lo de maneira correta para o seu corpo. Ajustando as alças e o cinto de maneira incorreta, você vai acabar sentindo desconforto com pouco tempo de uso.

A dica é começar de baixo para cima. Coloque a mochila já com seus itens dentro e primeiramente ajuste o hip belt. Ele deve ficar na altura do quadril, em cima do seu osso ilíaco. Aperte os dois lados ao mesmo tempo, a fivela deve ficar no centralizada. Ao posicioná-lo corretamente, você já deve sentir um alívio do peso nas costas.

Depois disso é hora de ajustar as alças, que não devem ficar coladas nas axilas e nem muito soltas. Se ficarem muito apertadas, o peso vai voltar para os seus ombros em vez de ficar concentrado no quadril.

Por último, regule as “tiras de carga” (não encontrei o nome exato, rs). Elas servem para trazer a mochila para mais perto de você, de forma que o peso não te puxe para trás. Quando bem posicionadas, elas evitam que se forme um arco com espaço sobrando entre as suas costas e o mochilão.

Dicas para organizar o seu mochilão de viagem

Não pense que é só colocar tudo dentro da mochila e cair na estrada. A maneira como você distribui os seus pertences nos compartimentos faz toda diferença, não apenas para que tudo caiba, mas também para que fique confortável nas suas costas.

Naquelas que tem abertura tipo saco, o ideal é colocar os itens que você só vai precisar no final do dia ou em poucos momentos da viagem no fundo.

Os itens mais pesados, como calçados, devem ficar mais próximos às suas costas. É como se o mochilão tivesse “dois andares”, no mais baixo (e próximo ao seu corpo) fica o que é mais pesado, do contrário o peso desses itens vai acabar te puxando para trás. Tente colocá-los de maneira centralizada para não mexer com seu equilíbrio, ou distribua o peso entre os lados da mochila.

Para que sua mala fique o mais organizada possível, recomendo utilizar packing cubes. Já fiz um post falando um pouco mais desse acessório que considero indispensável, e a minha marca favorita é a Eagle Creek.

Coloque os itens que você vai utilizar com maior frequência perto do topo, e utilize os bolsos externos para os menores, como protetor solar ou GPS, que serão utilizados ao longo do dia caso esteja fazendo trilhas.

Muitas mochilas tem espaço para saco de dormir na parte inferior, fitas para colocar casacos ou até partes da barraca, bolsos respiráveis para roupas que estão úmidas e até a possibilidade de colocar mais acessórios em alguns ganchos ou alças. Aprenda sobre os recursos do seu modelo para utilizá-los da melhor forma possível.

Descubra como escolher o mochilão de viagem ideal! Dicas para escolher, ajustar, organizar e marcas mais populares!
Meu mochilão arrumado para a viagem de 10 dias para o Chile! Os packing cubes realmente fazem diferença, rs.

Melhores marcas de mochilão de viagem

Um mochilão de viagem não é um investimento dos mais baratos. Para as marcas mais conceituadas do mercado, os preços praticados no Brasil chegam a mais de mil reais. A boa notícia é que esse acessório bem durável, e você não vai precisar substituí-lo por alguns anos.

Coloquei os links para a loja americana da Amazon, pois os preços nos Estados Unidos são muito mais acessíveis. Caso vá fazer uma viagem ao país, recomendo comprar por em lojas físicas como a REI ou aproveitar os preços da Amazon e mandar entregar diretamente no seu hotel.

Algumas das marcas favoritas dos brasileiros são:

Deuter

Talvez a mais popular entre os backpackers ao redor do mundo, a Deuter é uma marca alemã que tenta juntar as tecnologias mais modernas com conforto e praticidade. As linhas mais indicadas para viagens são a Transit, a Traveller e a Quantum, mas eu já li muitas recomendações sobre a Aircontact Lite. Existem modelos femininos, indicados pela sigla SL na descrição e uma flor pendurada na mochila.

No Brasil o preço dos modelos citados é a partir de R$1000 para mais, e podem ser encontrados na Netshoes. A garantia para compras no Brasil é de três anos e não cobre desgastes naturais.

Osprey

A Osprey é a marca favorita de quem procura mochilões para viagem em vez de para trilhas. Os modelos com essa finalidade, além de abertura frontal estilo mala, tem até lugar para guardar as alças caso você vá despachar como bagagem. A linha mais popular é a Farpoint, cuja versão feminina se chama Fairview. Eu tenho essa última com 40 litros de capacidade, e só tenho elogios.

Assim como sua concorrente, os preços aqui no Brasil acabam batendo a marca dos R$1000, mas nos Estados Unidos é possível encontrar por menos de US$200. A garantia é vitalícia, e já ouvi ótimos relatos de clientes que precisaram fazer uso!

Quechua

Marca própria da Decatlhon, a Quechua é famosa por seu ótimo custo-benefício: qualidade por quase metade do preço dos concorrentes. Com modelos variando desde 10 até 80 litros, as linhas mais famosas entre os mochileiros são Forclaz e Easyfit, cujos valores costumam ficar abaixo dos 500 reais.

A garantia é de dez anos, e não cobre desgastes normais ou danos causados por utilização indevida.

 

E isso é tudo que você precisa saber para escolher, ajustar e organizar o seu mochilão de viagem! São vários detalhes, mas pesquisar bastante vai garantir que você encontre o modelo ideal :)

Tem uma mochila de outra marca? Conhece outras dicas? Compartilha comigo nos comentários!

Se já escolheu a sua e está com dúvidas na hora de montar sua viagem, recomendo esse post do blog Olhos de Turistas com 10 passos para planejar seu mochilão!

Gostou desse post? Salve no Pinterest para ler depois!

Descubra como escolher o mochilão de viagem ideal para você! Dicas para escolher, ajustar, organizar e melhores marcas! #mochilao #viagem #dicadeviagem

Os links da Amazon são afiliados.

Deixe uma resposta

Fechar Menu