Austrália

Walking Tour Grátis em Sydney – Conhecendo a cidade com guias locais!

23 de maio de 2017

Conheça tudo sobre o Walking Tour Grátis em Sydney, um passeio pela cidade guiado pelos locais!

Até alguns meses atrás eu não ligava muito para walking tours. Na verdade acho que eu nunca procurei por um em nenhuma cidade que visitei antes desse ano. Via muitos dos meus colegas fazendo posts sobre o assunto, mas sempre pensava ‘ah…meh’.

Até que, nessa última viagem, eu fui em um café em uma parte um pouco mais afastada de Sydney (pra mim), e esbarrei sem querer no Hyde Park. O parque é tão grande que tem a própria catedral histórica, e, pelo que eu pude observar, sua paisagem colorida serve de cenário para os visitantes que querem pegar um sol na grama e aproveitar o dia.

E eu nem ia saber que esse lugar existia se não tivesse andado um pouco mais longe.

E foi aí que eu decidi procurar por algum walking tour na cidade e dar uma chance para esse tipo de passeio. E meu único arrependimento foi não ter feito isso antes.

Walking Tour Grátis em Sydney

Dando um Google rápido eu descobri o I’m Free Tours, com walking tour grátis em Sydney e Melbourne. Me pareceu uma ótima opção, até porque eles se reúnem todos os dias, incluindo finais de semana, as 10:30 e as 14:30.

Resolvi fazer o passeio em um domingo, já que o ferry é mais barato e eu estava hospedada em Manly. Como o ponto de encontro é no Town Hall, perto da St Andrew’s Cathedral, peguei um ônibus a partir da Circular Quay e cheguei lá uns 10 minutos antes do tour começar.

Me apresentei para os guias, que estavam com camisas verde com as escritas “I’m free, follow me!”, e recebi um mapa com o nosso itinerário, que duraria em torno de duas e meia a três horas. Além dos pontos turísticos pelos quais iríamos passar, também estavam incluídas dicas com os melhores restaurantes e passeios da cidade, além de curiosidades.

Quer fazer um passeio guiado pelos locais em Sydney? Então leia esse post e conheça tudo sobre o Walking Tour Grátis em Sydney!

Os guias andam com a camisa verde com as escritas “FREE TOUR”.

Como o tour estava cheio (acredito que por ser final de semana), fomos separados em dois grupos, cada um conduzido por um guia. O responsável por nós se chamava Ramsey, ele morou a vida inteira em Sydney e se diz apaixonado pela cidade, motivo pelo qual ele adora apresentá-la aos turistas.

Ele nos explicou que o tour é grátis para que todos possam ter a possibilidade de participar, mas que poderíamos dar tips no final, colocando o nosso próprio preço no passeio.

Pontos Visitados

Começamos na própria Town Hall, que antes de ser um dos prédios mais conhecidos de Sydney, era um cemitério no meio do centro. Como as covas não eram muito fundas, o local tinha um cheio horrível, e com a insistência de diversos moradores, foi removido e recriado em outra área. O Ramsey comentou conosco que, até hoje, quando é preciso fazer alguma obra nos arredores, ainda são encontrados corpos daquela época! Atualmente a construção serve tanto de prefeitura como casa de shows e exposições.

Confesso que não lembro a ordem exata que seguimos (blogueira não boa, sorry!), mas passamos pelo Queen Victoria Building que, pouco tempo após ser construído, foi reformado durante 100 anos antes de abrir para o público. O prédio já serviu de prefeitura, casa de shows, livraria, e hoje abrange um conglomerado de lojas e cafés. A arquitetura é incrível e não se esqueça de olhar para cima ao passear por lá!

Esse é o Queen Victoria Building, uma das paradas do Walking Tour Grátis em Sydney! Conheça todos os outros pontos turísticos nesse post!

A fachada do Queen Victoria Building.

Acredito que de lá seguimos para o Hyde Park e a St. Mary’s Cathedral, sim, os locais que deram origem a história do post! Com o walking tour grátis em Sydney eu descobri que a igreja pegou fogo e precisou ser refeita, e em 2008 ela foi até visitada pelo Papa da época.

Passamos então por dois pontos que eu achei inusitados: a primeira cadeia e o primeiro hospital da cidade.

Para quem não conhece um pouco da história da Austrália, os ingleses mandaram apenas criminosos para habitar o país, uma espécie de exílio. Eles podiam andar livremente e, por muito tempo, esse esquema funcionou. Até que, com o crescimento da população, a onda de violência passou a ser frequente nos períodos noturnos, e uma cadeia foi construída para manter todos os infratores presos, mas apenas de noite. Hoje essa prisão funciona é conhecida como Hyde Park Barracks, e abriga um museu que pode ser visitado por quem desejar.

A primeira prisão da cidade! Essa é uma das paradas do Walking Tour Grátis em Sydney! Conheça as outras nesse post!

Fachada do Hyde Park Barracks.

Já o Sydney Hospital foi construído em 1815 com ajuda das empresas de rum, que ganharam monopólio total da venda da bebida ao patrocinarem o projeto. O governador da época bem que tentou conseguir fundos com o governo britânico, mas, como eles não tinham interesse em desenvolver as terras australianas, o pedido de dinheiro foi negado. A princípio a construção foi tão mal feita que algumas alas tiveram desabamentos e passaram por alguns processos para serem erguidas novamente, mas foi só nos anos 80 que o hospital inteiro passou por uma boa reforma. Ele é usado até hoje!

De lá, visitamos um dos meus pontos favoritos: o Forgotten Songs. É uma rua cheia de gaiolas penduradas, as quais ficam tocando os sons dos pássaros que habitavam a área central de Sydney. Com o desenvolvimento da cidade, muitos desses pássaros agora estão extintos. Os cantos mudam ao longo do dia, para combinar com as espécies que cantavam de dia, tarde e noite.

Uma rua cheia de gaiolas tocando as melodias que os pássaros da cidade cantavam. Essa é a proposta do Forgotten Songs, um dos principais pontos do Walking Tour Grátis em Sydney! Clique no link para ler mais sobre!

As gaiolas do Forgotten Songs.

Quase no final do passeio, fomos ao The Rocks, bairro histórico da região. O Ramsey nos explicou que ideia da prefeitura era demolir todos os prédios antigos da área e construir moradias mais modernas, para combinar com o resto de Sydney. Depois de derrubarem alguns edifícios e enfrentarem grandes críticas e movimentos contra a “renovação”, o governo desistiu e apenas restaurou os lugares restantes. Hoje essa é uma das partes mais turísticas da cidade, com o famoso restaurante Pancake on the Rocks, aberto 24 horas, e um street market que ocupa várias ruas aos finais de semana.

E, por fim, a última parada do walking tour grátis por Sydney foi o deck de observação dos navios, onde nos deparamos com uma vista incrível do Sydney Opera House. Ouvimos a história sobre a pichação escrita “No War”, que custou mais de $100.000 para ser limpa das telhas e que foi cobrada diretamente dos infratores e sobre como o arquiteto do projeto nunca foi visitá-lo após a conclusão. Triste, né?

E essa vista incrível do Opera House? É um dos principais pontos compartilhados no walking tour grátis em Sydney! Clique no link para ler o post completo e descobrir como participar!

O Opera House visto do deck de observação.

Assim foi a minha primeira experiência com um walking tour grátis em Sydney! Apesar de cansativa por durar quase três horas, adorei conhecer locais pelos quais eu passava perto todo dia, mas que nem imaginava que estavam ali e quais eram suas histórias.

A maioria das curiosidades que escrevi aqui eu conferi na internet (beijo Wikipedia), mas algumas tô repassando apenas com a confiança no guia, já que não consegui encontrar fontes. Fica o aviso de que elas podem não estar 100% corretas hahaha.

E vocês, já participaram de um walking tour? Onde? Me contem suas experiências!

Gostou desse post e tá programando a sua viagem?

Então que tal ajudar o blog? É só fazer as suas reservas através dos nossos links! Você não paga nada a mais por isso e a gente ganha uma pequena comissão pela indicação! Olha quantos serviços legais você pode encontrar por aqui:

Compare os preços das passagens no Voopter ou veja as ofertas do Decolar.com.

Reserve o seu hotel através do Booking, com garantia de melhor preço. Ou use o Hoteis.com, onde você acumula pontos e pode trocar por diárias grátis.

Compre o seu seguro viagem no World Nomads e tenha cobertura para mais de 150 atividades de aventura.

Compare o preço entre as melhores locadoras de carro e pague em reais em até 12x sem juros na Rentcars.com.

Você também pode gostar

3 Comentários

  • Responder Aline (blog Nas Andanças) 3 de junho de 2017 as 12:47 pm

    Bateu saudades da Austrália!!!!

    • Responder Alyssa Prado 11 de junho de 2017 as 10:14 am

      Aqui também já tá batendo :(

    • Responder Alyssa Prado 18 de junho de 2017 as 12:31 pm

      Nem me diga <3

    Deixe uma resposta