Tailândia

Onde se hospedar na Tailândia – Phuket, Railay, Chiang Mai e Bangkok

24 de agosto de 2017

Descubra nesse post onde se hospedar na Tailândia!

Planejar uma viagem para a Tailândia não foi a tarefa mais fácil do mundo.

A dificuldade começou na hora de escolher quais lugares visitar. Phuket era nossa entrada no país, então era parte certa do roteiro, assim como Bangkok, de onde saía o nosso avião de volta para casa.

Depois de alguns dias quebrando a cabeça, eu e a Amanda decidimos acrescentar Railay Beach e Chiang Mai nos nossos planos, e estipulamos a quantidade de dias para cada parte da viagem.

Achando que a parte mais complicada do já havia passado, fomos procurar os hotéis.

E admito, descobrir onde se hospedar na Tailândia foi mais trabalhoso do que eu esperava.

É fácil descobrir quais são os principais bairros e hotéis favoritos dos viajantes na maioria dos destinos,. Na Tailândia, no entanto, o turismo é tão forte e as opções são tantas, que a cada busca no Google ficávamos mais perdidas.

Confiamos um pouco na sorte, mais um pouco nos vários blogs que lemos e acertamos em cheio nas nossas escolhas.

Nesse post eu vou compartilhar com você as melhores áreas para se hospedar em Phuket, Railay Beach, Chiang Mai e Bangkok, e sugerir hotéis bem localizados e em várias faixas de preço.

Onde se hospedar na Tailândia – Bairros e Hotéis

Phuket

Phuket é uma das principais ilhas do sudoeste da Tailândia. Segundo muitos blogs, a área já é “muito turística” e “não vale mais a pena a visita”.

Eu discordo.

Por ser uma ilha grande, você pode encontrar todo tipo de bairros: de festa, para relaxar, e uma mistura entre os dois. Não faltam restaurantes, bares, baladas, comida típica, praias lindas, água quente e todas as características que fazem do país um ímã para turistas.

Durante a pesquisa, me deparei com o site Phuket.com, que na verdade faz parte de um site dedicado ao sudeste asiático, patrocinado pelo Hoteis.com. Nele encontram-se artigos falando de cada bairro, e quais são os ideais para cada tipo de viagem.

Em resumo, se você gosta de festas, se hospede na praia de Patong. É lá que está concentrada a maior parte da vida noturna da ilha, e onde se encontra a famosa Bangla Road, rua cheia de letreiros neons e que parece ter saído de uma cena do filme Se Beber, Não Case.

Se estiver procurando um lugar pra relaxar, Kamala Beach e Bangtao Beach são opções tranquilas e que atendem desde o público mais simples até viajantes de luxo.

Um meio termo entre nightlife e descanso são Kata Beach e Karon Beach, sendo essa última a nossa escolhida. Havia uma vasta opção de restaurantes e bares perto do nosso hotel, e uma curta viagem de táxi ou tuk tuk já nos deixava no agito de Patong. A praia era calma e a água quente, e não tivemos problemas mesmo na temporada em que o mar deveria ser mais agitado.

Sugestões de hotel:

Não sabe onde se hospedar na Tailândia? Então veja esse e outros hotéis em Phuket, Bangkok, Railay e Ching Mai nesse post!

Avista Hideaway / Foto: Divulgação

Avista Hideaway Phuket Patong – MGallery by Sofitel (Categoria: Luxo)

Com 5 estrelas e 8,6 de nota no Booking, esse hotel fica perto de Patong, mas longe o suficiente para que os hóspedes não sejam incomodados com barulho e festas. É uma distância de pouco mais de 10 minutos a pé para a praia, e é oferecido um serviço de shuttle gratuitamente para quem quiser ir para os lugares mais badalados. A tarifa mais barata para um quarto para duas pessoas custa em torno de R$667 a diária.

 

Novotel Karon, um dos melhores hotéis para ficar em Phuket! Descubra onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Novotel Beach Spa & Resort Karon

Novotel Beach Spa & Resort Karon (Categoria: Moderado/Luxo)

Bastando atravessar a rua para chegar a praia, foi o nosso eleito para os dias em Phuket. São três piscinas, dois restaurantes, um sport bar, academia, spa e serviço de shuttle grátis para Patong, porém em poucos horários. O Wifi é super rápido e o chuveiro é sensacional, foi meu hotel favorito de toda a viagem. A diária custa aproximadamente R$359, mas pegamos uma promoção onde ficou por menos de R$250 cada noite.

 

O Lupta Hostel em Phuket é uma acomodação barata e de qualidade! Conheça esse e outros lugares onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Lupta Hostel Patong Hideaway / Foto: Divulgação

Lupta Hostel (Categoria: Hostel)

Com fantástica nota de 9,3 no Booking e localização privilegiada na praia de Patong, o Lupta Hostel estava em todas as listas que eu li sobre melhores hostels de Phuket. As instalações contam com Wifi grátis, lanchonete, ar-condicionado e cozinha compartilhada. São oferecidos quartos mistos de 8 e 4 camas, além de um quarto exclusivamente feminino com 4 camas, e os preços começam em R$52 por pessoa.

 

Railay Beach

Escolhemos passar três dias em Railay Beach pois o local foi muito recomendado, tanto por blogs como pelo guia da Lonely Planet.

Ao contrário do que pensávamos, Railay não é uma ilha, e sim uma península isolada de Krabi. O acesso só é possível via mar, pois não existem estradas levando até a região, e nem mesmo carros e outros veículos transitam por lá.

Existem dois lugares para se hospedar: Railay West, que é a área mais bonita e onde os turistas chegam de barco, e Railay East, onde está localizada a maioria dos hotéis.

Achamos poucas informações sobre qual era o melhor lado para ficar, e acabamos optando pela parte leste, onde os preços são mais baratos. A verdade é que não faz diferença, pois a península é pequena, e são apenas cinco minutos caminhando para ir de uma lado ao outro. Deve ser o local mais fácil para decidir onde se hospedar na Tailândia!

Como comentei no post de 7 erros que cometi na minha viagem para a Tailândia, eu não indico Railay para quem viaja com amigos e gosta de vida noturna. É um lugar onde praticamente nada acontece a noite, sendo ideal para famílias e casais. Não é a melhor opção para viajantes econômicos, pois não existem hotels na área.

Se você optar por se hospedar lá, tenha em mente que vai precisar tirar sua mala do barco e atravessar a areia da praia com ela antes de encontrar um chão mais firme, para usar as rodinhas. Não leve muito peso!

Sugestões de hotel:

Esse é o Rayavadee, hotel de luxo em Railay Beach. Para descobrir onde se hospedar na Tailândia, acesse esse post!

Rayavadee / Foto: Divulgação

Rayavadee (Categoria: Luxo)

Se for para esbanjar, escolha o Rayavadee, hotel mais luxuoso de Railay Beach e com acesso a praia de Phra Nang. A propriedade conta com piscina de borda infinita, restaurante dentro de uma caverna e spa, e não foram poucos os hóspedes que escreveram em suas reviews que esse foi o melhor hotel em que eles já ficaram. Uma experiência única, porém de custo elevado: os preços na temporada começam em R$1849 a noite.

 

O Bhu Nga Thani Resort & Spa é um dos hotéis incríveis para se hospedar em Railay Beach! Conheça esse e outros lugares onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Bhu Nga Thani Resort & Spa / Foto: Divulgação

Bhu Nga Thani Resort & Spa (Categoria: Moderado/Luxo)

Na parte east de Railay, esse hotel tem uma piscina com arquitetura diferenciada, que faz a alegria dos hóspedes. Spa, academia e sauna, além de restaurante e bar, tornam esse um hotel completo para quem quer apenas relaxar e aproveitar o clima da Tailândia. A tarifa mais barata custa em torno de R$500 nas férias de verão, mas já vi o Booking fazer promoções de R$290 a diária.

 

 

Avatar Railay, nosso hotel escolhido na Tailândia com piscina incrível! Descubra onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Avatar Railay

Avatar Railay (Categoria: Moderado)

Foi nossa escolha para os dias em Railay, e não nos arrependemos. A piscina era uma delícia e tinha acesso direto para os quartos do térreo. O chuveiro do quarto é dos deuses e o buffet do café da manhã é muito bem servido. O único ponto fraco é que o restaurante é aberto, e tivemos que almoçar no calor. Fora de temporada conseguimos pagar menos de R$200 por noite. Ah, e ainda tem gatinhos super fofos andado por toda a propriedade!

 


Tá gostando desse post? Então aproveita para curtir a página do blog no Facebook!

 


Chiang Mai

Confesso que Chiang Mai só foi incluído no roteiro pois queríamos fazer o passeio ético no santuário de elefantes. Depois de pesquisar um pouco, eu descobri que essa é a segunda maior cidade da Tailândia, perdendo apenas para Bangkok, e que ela é cheia de templos, mercados, atividades de aventura e bate-voltas sensacionais, como o templo branco (Wat Rong Khun) em Chiang Rai.

Por ser uma cidade enorme, existem diversas áreas para se hospedar. Escolhemos ficar perto da Old City (é o quadrado que aparece no mapa da cidade), que oferece um misto de templos, casas de massagem, restaurantes e hotéis mais em conta. Se você procura por resorts e não quer encarar o clima de cidade grande, Riverside é a melhor opção.

Eu adorei a área que escolhemos, pois pudemos fazer vários programas a pé. Pegamos Uber e tuk tuk para conhecer outras partes da cidade e não pagamos caro.

Sugestões de hotel:

O spa do Tamarind Village tem funcionários super bem treinados para antender os hóspedes! Conheça esse e outros hotéis onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Tamarind Village / Foto: Divulgação

Tamarind Village (Categoria: Luxo)

No coração da Old City, o Tamarind Village é considerado um oásis no meio de Chiang Mai. Com um imenso jardim, piscina, restaurante e spa com profissionais altamente treinados, é a opção certa para quem quer aproveitar a cidade sem abrir mão do luxo e conforto. Tem Wifi grátis e um balcão de turismo próprio, e as diárias começam em R$600.

 

 

O Goldenbell Hotel em Chiang Mai nos recebeu super bem, e a piscina era uma delícia para os dias de calor intenso! Conheça esse e outros hotéis para se hospedar na Tailândia nesse post!

Goldenbell Hotel / Foto: Divulgação

Goldenbell Hotel (Categoria: Moderado)

Escolhemos nos hospedar no Goldenbell e ficamos satisfeitas com o serviço. Os funcionários foram muito prestativos, sempre se oferecendo para levar nossas malas, dar informações e até ligar para o nosso tour para garantir que tudo estava confirmado. O quarto era confortável, o café da manhã uma delícia e a piscina nos salvou todos os dias depois de passarmos horas andando no calor. Os preços começam em R$180 e ele fica localizado logo em uma das saídas da Old City.

 

O Hostel by BED é um hostel moderno, ideal para viajantes econômicos em Chiang Mai! Conheça outros lugares onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Hostel by BED / Foto: Divulgação

HOSTEL by BED (Categoria: Hostel)

O HOSTEL by BED é uma propriedade nova, pensada nos mínimos detalhes e localizada no centro da cidade. Cada cama tem sua própria cortina para maior privacidade, e os hóspedes podem se servir de água e café a vontade. Os funcionários falam em inglês e a recepção funciona 24 horas por dia. O café da manhã está incluído em todas as reservas, e são oferecidos quartos mistos e exclusivamente femininos a partir de R$43.

 

Bangkok

Escolher onde se hospedar na Tailândia no geral já é difícil, e Bangkok consegue deixar a situação ainda mais complicada. Para começar, eu nem consigo pronunciar o nome da maioria dos bairros… #comolidar.

Bangkok foi a cidade mais visitada do mundo em 2016, e existem inúmeros lugares para se hospedar. Para quem vai visitar pela primeira vez e pretende fazer os principais passeios turísticos, eu indico procurar por acomodações em Sukhumvit, Siam e Old City.

Siam conta com os principais shoppings, como MBK, Siam Center e Siam Paragon. É a melhor opção para quem gosta de fazer compras, além de ser fácil chegar em outros bairros através do SkyTrain.

Em Old City ficam as atrações mais famosas como o Grand Palace, e os templos Wat Phra Kaew e Wat Pho. Também é lá que se encontra a famosa Khao San Road, rua cheia dos bares, baladas, e onde todos os turistas vão para comprar os buckets de bebida e aproveitar uma noite a la Bangkok.

Sukhumvit, que foi onde ficamos, é uma mistura desses dois bairros. Tem shoppings, restaurantes, baladas e um pouco de tudo que a cidade tem a oferecer. É onde fica o restaurante no escuro, e também possui a própria estação de SkyTrain. De lá para Siam são poucos minutos de transporte público!

Sugestões de hotel:

O Hilton Sukhumvit é uma opção de luxo para quem quer conhecer a cidade mais visitada do mundo! Descubra onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Hilton Sukhumvit / Foto: Divulgação

Hilton Sukhumvit (Categoria: Luxo)

Hotel 5 estrelas, do lado do SkyTrain, com piscina, dois restaurantes e até um pool bar por menos de R$500 a diária na temporada? Só em Bangkok! Na região de Sukhumvit, o Hilton reúne o melhor da elegância e comodidade, com funcionários bem treinados e localização privilegiada. Na off-season é possível encontrar quartos com tarifa menor que R$400, um valor incrível para uma propriedade desse porte.

 

O Admiral Premiere fica a cinco minutos do SkyTrain, uma localização privilegiada em Bangkok! Descubra onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Admiral Premiere / Foto: Divulgação

Admiral Premiere (Categoria: Moderado)

Também em Sukhumvit, foi onde eu e a Amanda escolhemos nos hospedar. O staff é super prestativo e o café da manhã uma delícia, tem desde egg station e waffles, bem americano, até comida tradicional tailandesa. Fica a poucos minutos andando da estação do SkyTrain e tem vários 7eleven e restaurantes por perto. Pagamos pouco menos de R$200 por noite por um quarto para duas pessoas, com cozinha e banheira.

 

 

O Nappark Hostel fica pertinho da Khao San Road, rua badalada para noites a la Bangkok! Descubra onde se hospedar na Tailândia nesse post!

Nappark Hostel / Foto: Divulgação

Nappark Hostel (Categoria: Hostel)

Com várias áreas comuns para que os hóspedes se conheçam, o Nappark Hostel fica perto da Khao San Road, mas longe suficiente para que o barulho não incomode. Os banheiros são divididos entre masculino e feminino, e são disponibilizadas uma cozinha comunitária e até biblioteca. Todos os dormitórios são mistos e as camas custam a partir de R$47 por pessoa.

Outros hostels bem recomendados em Bangkok, e que ficam perto das estações do SkyTrain, são o The Yard Hostel e o Bed Station Hostel.

O que você precisa saber:

  • Phuket: Fique em Patong se gostar de festas, e em Kamala Beach e Bangtao Beach para relaxar. Para uma mistura de nightlife com descanso, procure hotéis em Kata Beach e Karon Beach.
  • Railay Beach: Não tem como escolher localização errada, a península é muito pequena e são apenas cinco minutos de caminhada de Railay West para Railay East.
  • Chiang Mai: Old City é a região perfeita para quem quer visitar templos, mercados noturnos, casas de massagem e ainda pagar barato na acomodação.
  • Bangkok: Siam é o melhor bairro para quem está focado em compras, enquanto Old City é rica em passeios culturais e vida noturna agitada. Sukhumvit é uma mistura dos dois.

Essas são só algumas opções de hotéis e áreas, mas existem muitas outras! Infelizmente, com apenas 13 dias de viagem, não dá para explorar cada cantinho. Você já se hospedou em uma acomodação ou área diferente das que eu indiquei? Me conta sua experiência nos comentários!

Se esse post foi útil, compartilhe com os seus amigos para eles descobrirem onde se hospedar na Tailândia!

Gostou desse post e tá programando a sua viagem?

Então que tal ajudar o blog? É só fazer as suas reservas através dos nossos links! Você não paga nada a mais por isso e a gente ganha uma pequena comissão pela indicação! Olha quantos serviços legais você pode encontrar por aqui:

Compare os preços das passagens no Voopter ou veja as ofertas do Decolar.com.

Reserve o seu hotel através do Booking, com garantia de melhor preço. Ou use o Hoteis.com, onde você acumula pontos e pode trocar por diárias grátis.

Compre o seu seguro viagem no World Nomads e tenha cobertura para mais de 150 atividades de aventura.

Compare o preço entre as melhores locadoras de carro e pague em reais em até 12x sem juros na Rentcars.com.

Você também pode gostar

1 Comentário

  • Responder Como planejar uma viagem para Tailândia - Dicas e Roteiro 21 de setembro de 2017 as 12:01 am

    […] Você também pode gostar: Onde se hospedar na Tailândia – Phuket, Railay Beach, Chiang Mai e Bangkok […]

  • Deixe uma resposta