Dicas

Dicas para perder o medo de viajar sozinha e conhecer o mundo!

11 de outubro de 2016

Esse post também está disponível em vídeo. Se gostar, se inscreva no canal!

 

Em 2013 eu entrei em um avião com destino ao outro lado do mundo. Era minha primeira vez viajando sozinha, eu não conhecia ninguém por lá e chorei de medo uma boa parte do caminho.

Eu voltei de lá considerando essa viagem a melhor experiência da minha vida.

Mesmo assim, depois de tantas aventuras como essa, eu continuo nervosa quando viajo sem companhia, mesmo que seja para o estado vizinho ou outra cidade. Começo a pensar em tudo que pode dar errado e a ansiedade vai a mil, e a vontade de desistir aparece.

A parte boa é que, depois de passar por isso várias vezes, descobri que algumas coisas me ajudam a relaxar e ficar tranquila com o próximo destino.

Se você está querendo perder o medo de viajar sozinha, vai adorar essas dicas! Elas vão te ajudar a se sentir preparada, conhecer pessoas que estão passando pela mesma stiaução e ainda construir sua confiança para visitar lugares distantes!

 

Dicas para Perder o Medo de Viajar Sozinha

1. Comece visitando lugares próximos a sua cidade

Nunca é o plano voltar para casa, mas é bom saber que qualquer coisa você pode voltar para casa rapidinho.

Começar visitando cidades ou estados vizinhos é uma solução para testar se viajar sozinha é o seu estilo. Imagina sair para um mochilão de meses e descobrir na terceira semana que você prefere um grupo com guia? Já aproveita para perceber isso sem ir muito longe.

Além disso, qualquer perrengue de viagem (e vão ser muitos) é você quem vai ter que resolver. Não parece na hora, mas isso vai ajudar a construir sua confiança e você vai ficar mais tranquila para ir se aventurar em outros países, até aqueles que não conhece a língua.

Quer perder o medo de viajar sozinha? Que tal começar visitando lugares próximos? Assim você constrói confiança para ir para lugares distantes! Clique no link e confira outras dicas!

Visitando o Jardim Botânico de Curitiba, estado vizinho!

2. Pesquise muito, muito, muito mesmo!

Imagina deixar de conhecer aquele ponto escondido maravilhoso só porque você nunca ouviu falar dele? Pesquise os lugares que quer conhecer, restaurantes, museus, trilhas e tudo mais que seja do seu agrado. Um bom lugar para começar é o TripAdvisor.

Caso você planeje andar muito a pé, uma maneira de se familiarizar com a região é usar o Google Street View. Faço isso sempre, e quando chego no lugar a ansiedade é bem menor porque “já conheci” anteriormente.

Outra dica é montar um roteiro, assim você descobre quantas atrações precisa visitar em cada dia para poder ver tudo que tem vontade. Você não precisa segui-lo a risca, mas é sempre bom para se orientar.

Quer perder o medo de viajar sozinha? Então pesquise muuito o lugar que você quer visitar! Descubra os melhores passeios, onde comer e o que não dá para perder. Assim você se familiariza e se sente mais tranquila quando chegar. Clique no link e veja outras dicas!

Praia de Whitehaven na Austrália. Descobri sem querer lendo um blog. Imagina se eu não tivesse pesquisado e tivesse perdido esse passeio?

3. Tenha as informações com você durante a viagem

Não adianta pesquisar e deixar todas as informações em casa. Leve-as com você para fazer consultas durante a viagem.

Uma ótima opção é criar um documento no Google Docs, anotando seu roteiro, endereço do hotel ou hostel, número do vôo, número de documentos e tudo que você pode precisar. Além de ser fácil consultar pelo celular através do app, você pode compartilhar com quem quiser através de um link.

Para se locomover, recomendo o app Google Maps, onde você pode colocar um ponto de partida e destino e ele mostra todas as opções para chegar lá, tanto transporte público quanto a pé e de carro. O único problema é que ele não funciona 100% offline, então tire prints dos seus possíveis roteiros ou baixe um app que permite download de mapas, como o Maps.me.

Além disso, não leve as informações apenas no celular, já que ele pode ficar sem bateria. Detalhes importantes, como endereço da sua hospedagem e telefone de uma cia. De táxi segura, devem ser escritos em algum papel e ficar na sua bolsa para qualquer emergência.

4. Fique hospedada em hostels

Eu sei que muita gente tem preconceito com hostels, afinal, você precisa dividir o quarto e banheiro com estranhos. Mas passando essa parte, que é bem mais tranquila do que você imagina, as vantagens são imensas!

Você conhece muitas pessoas, e a maioria está querendo explorar a cidade assim como você. Ajuda a perder o medo de viajar sozinha, já que é um ótimo local para fazer amizades e encontrar companhia para a maioria dos programas.

Na minha última viagem sozinha, para Curitiba, fiquei em um hostel incrível, conversei com muita gente interessante e ainda fiz passeios não planejados. Se você está procurando um hostel bom na cidade, recomendo ler a resenha do Social Hostel – Café & Bar.

Faça reserva do seu hostel pelo Booking para garantir o menor preço!

Ficar em hostels e fazer amizades é uma ótima maneira de perder o medo de viajar sozinha! Dessa forma você sabe que pode conseguir companhia para alguns passeios se quiser! Clique no link para ler outras dicas sobre esse tipo de viagem!

Na Sky Tower em Auckland com algumas amigas que fiz no hostel!

5. Pergunte aos locais

Informações da internet as vezes estão defasadas, e aquele restaurante que você estava louca para experimentar pode nem existir mais.

Pergunte ao pessoal que trabalha no hostel ou moradores locais se os passeios que você escolheu valem a pena, se tem como conseguir um preço mais barato, se não tem problema andar por determinados lugares sozinha e confirme tudo que você descobriu nas suas pesquisas.

 

E não escute o que as pessoas vão falar!!! Muitas ainda não descobriram a delícia que é viajar com a própria companhia e vão tentar te desencorajar, dizendo que você precisa de algum amigo para ir junto. A Angie do blog Apure Guria tem um post hilário com Coisas que não aguentamos mais ouvir sobre viajar sozinha, vale a leitura para dar várias risadas!

Espero que essas dicas ajudem quem ainda precisa perder o medo de viajar sozinha! Quem já vai começar a planejar uma viagem?

Já teve essa experiência? Conta como foi nos comentários para incentivar o pessoal!

Gostou desse post e tá programando a sua viagem?

Então que tal ajudar o blog? É só fazer as suas reservas através dos nossos links! Você não paga nada a mais por isso e a gente ganha uma pequena comissão pela indicação! Olha quantos serviços legais você pode encontrar por aqui:

Compare os preços das passagens no Voopter ou veja as ofertas do Decolar.com.

Reserve o seu hotel através do Booking, com garantia de melhor preço. Ou use o Hoteis.com, onde você acumula pontos e pode trocar por diárias grátis.

Compre o seu seguro viagem no World Nomads e tenha cobertura para mais de 150 atividades de aventura.

Compare o preço entre as melhores locadoras de carro e pague em reais em até 12x sem juros na Rentcars.com.

Você também pode gostar

22 Comentários

  • Responder Bianca Iglesias 21 de outubro de 2016 as 4:59 pm

    Confesso que mesmo fazendo tudo isso ainda fico com um certo medinho ou insegurança. O máximo que faço é ir a São Paulo, cidade que adoro e lá me sinto bem.

    • Responder Alyssa Prado 21 de outubro de 2016 as 9:04 pm

      Eu também fico com medinho, mas tem que ir mesmo assim, né? SP amo também! :D <3

  • Responder Ana Carolina Miranda 21 de outubro de 2016 as 8:54 pm

    Alyssa, viajar sozinho deve ser mesmo uma aventura incrível. Meu pai resolver embarcar nesta, em julho passou 30 dias conhecendo a Europa e amou! Foi a melhor experiência da vida dele. Eu é que fiquei daqui preocupada, mas me tranquilizei ao ver que estava feliz…

    • Responder Alyssa Prado 21 de outubro de 2016 as 9:05 pm

      Nossa, que legal que seu pai resolveu fazer isso, Ana! Imagino sua preocupação, mas que bom que deu tudo certo :D

  • Responder Gê Azevedo 21 de outubro de 2016 as 10:23 pm

    Muito boas dicas, Alyssa! Começar por perto é uma boa sugestão!

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:09 am

      Dá uma segurança extra, né?

  • Responder Itamar Japa 22 de outubro de 2016 as 10:28 am

    Já viajei algumas vezes sozinho e foram algumas das melhores viagens que fiz. As vezes é melhor do que viajar acompanhado, pois você não depende de ninguém pra fazer nada e faz o que tiver vontade de fazer, a hora que quiser e do jeito que quiser! Claro, em determinadas situações, uma companhia faz falta (pra tirar foto de você por exemplo), mas muitas vezes não, rsrsr… Excelentes dicas, acho que todo mundo deveria ir viajar pelo menos uma vez, pra sentir a experiência…

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:10 am

      Conseguir montar o roteiro da maneira que você quiser é com certeza um dos melhores pontos positivos! Todo mundo deveria tentar uma vez mesmo :D

  • Responder Alessandra Maróstica de Freitas 22 de outubro de 2016 as 12:10 pm

    Sempre viajo com meu marido e as vezes com minha filha. Mas vezes as férias deles não batem com as minhas e dá aquela vontade de viajar sozinha. Só que acabo não indo, por medo mesmo. Fiquei animada após ler seu post. Quem sabe crio coragem!!!

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:11 am

      Alessandra, vai para algum lugar pertinho! Em pouco tempo você já consegue perder o medo :D

  • Responder Marianne 22 de outubro de 2016 as 12:53 pm

    Eu adoro descobrir o mundo sozinha e me descobrir também! É muito legal pra fazer tudo no seu tempo, do seu jeito, e aprender a se virar nas situações adversas. Eu adoro e super recomendo! Adorei e post e espero que ele encoraje outras pessoas a viajarem sozinhas!

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:12 am

      A gente se descobre muito, realmente! Vários passeios que achei que eu não ia gostar eu amei, fiz coisas que achei que jamais faria.. É uma experiência única!

  • Responder Matheus Crespo 22 de outubro de 2016 as 1:48 pm

    Ótimas dicas, muito legal o vídeo. Eu amo viajar sozinho, acho que dá muita liberdade assim, simplesmente seguir seu coração e fazer o que você quer hahaha. Nunca tinha pensado em usar o street view antes de ir, vou fazer isso da próxima vez

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:13 am

      Usa o street view, é muuito divertido! Dá até para você comparar o que mudou hahaha

  • Responder Adriana Magalhães Alves de Melo 22 de outubro de 2016 as 7:22 pm

    Já viajei sozinha há décadas, quando tinha uns 20 anos. Também adorava ficar em albergues (a gente chamava assim kkkk). Cada turma legal que eu fazia…

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:14 am

      Turma de albergue/hostel é a melhor de todas! <3

  • Responder Deisy Rodrigues 22 de outubro de 2016 as 8:25 pm

    Adoro viajar sozinha, sigo todas essas dicas.

    • Responder Alyssa Prado 23 de outubro de 2016 as 11:14 am

      Que legal, Deisy! :D

  • Responder Edson Amorina Jr 24 de outubro de 2016 as 6:06 pm

    Muito boas dicas. Principalmente a de usar albergues no lugar de hotel tradicional. Quem não gosta de viajar sozinho, normalmente não gosta também de ficar sozinho. E dividir a hospedagem é uma boa solução.

    • Responder Alyssa Prado 29 de outubro de 2016 as 3:20 pm

      Hostels são ótimos mesmo, sempre dá para arranjar companhia por lá :D

  • Responder Maria Apda 30 de janeiro de 2017 as 11:00 pm

    Eu sempre viajo sozinha dentro do Brasil. Já fui pra vários estados sozinha.si. As vezes bate aquela insegurança mas enfim da tudo certo. As vezes acho ruim por não ter com quem compartilhar algumas coisas, que a gente acha incrível aí não tem ninguém.

    • Responder Alyssa Prado 31 de janeiro de 2017 as 5:31 pm

      Eu também sinto um pouco de medo todas as vezes, mas sempre vale a pena!!! E o whatsapp resolve o meu problema de compartilhar rs o resto vai de selfie de tick hahaha

    Deixe uma resposta